12/07/2017

FÁBULAS, ...QUE NÃO DE LA FONTAINE

Re-edição

Muito grato a todos os que estiveram presentes e comentaram, quer tenham acertado, quer não !

Acertaram (autoria e tema) :

Elvira Carvalho,     Janita,     Afrodite,     ematejoca,    Portugalredecouvertes,   Ricardo Santos,     redonda,     Catarina,    JU,


Acertaram na autora :

 Manu,    Esmeralda Martins,    

Presentes :

papoila,    Prof. Ms. João Paulo de Oliveira,     lis,      Flor de Jasmim,    AvoGI,    Luisa,   cantinhodacasa

.........................................................................................................

Soneto "Amar" de Florbela Espanca !


A minha interpretação (E POR ISTO, AQUELE TEXTO) :


"Amar" tem duplo (ou até, múltiplo) significado, verdade ? ... 
"Amar do Coração",  "Amar, Sexo", ... mas uma rapariga, vintona ou trintona, que escreve :

Eu quero amar, amar perdidamente! 
Amar só por amar: Aqui... além... 
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente... 
Amar! Amar! E não amar ninguém! 

Este "amar, amar perdidamente", significa "sexo pelo sexo", sem pensar em mais nada, "perdidamente" (sem consequências, nem interrogações), porque seguidamente ela diz :
"Amar, só por amar ,  Sexo, aqui, ali, acolá, com este, com aquele e aquele outro e todos com quem eu queira ! ... Só sexo, pelo sexo e não "Amar" (de coração), ninguém, verdadeiramente ! ... Acham que estou a exagerar? ...

Recordar? Esquecer? Indiferente!... 
Prender ou desprender? É mal? É bem? 
Quem disser que se pode amar alguém 
Durante a vida inteira é porque mente! 

Ficar com este ou aquele na ideia, esquecê-los ?... Sei lá !... Não me interessa, é-me indiferente.  Prender-me a alguém , ou desprender-me ?... Que me interessa ?... Nem pensei se isso é mau ou bom !? ...
E se alguém disser estar ligado a alguém (de coração ou sexo), por uma vida, é uma mentira, porque mesmo em pensamento, estará a traí-lo em qualquer altura. 

Há uma Primavera em cada vida: 
É preciso cantá-la assim florida, 
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar! 

A vida é como um ano ! ... Começa no Inverno, lá chega a nossa única Primavera (só há uma) é preciso aproveitá-la enquanto temos essa possibilidade , desfrutá-la porque se Deus nos deu o sexo, foi para usá-lo  e desfrutá-lo ! ... 
"Florido", "cantá-lo" e "cantar", "dar voz", são imagens metafóricas !

E se um dia hei de ser pó, cinza e nada 
Que seja a minha noite uma alvorada, 
Que me saiba perder... pra me encontrar... 

E se um dia morrer,  olhem!... Que tenha tido "noites" (metáfora) fantásticas de prazer (alvorada) e que eu tenha sabido utilizar a minha vida para dela ter tirado o máximo proveito !
............................................................................................
Nota:

Acho que cada um de nós, ao ler um poema ou ao ouvir uma letra cantada, tem tendência a "amaciá-la" e a não procurar o seu verdadeiro e mais profundo alcance ! Há como que uma certa "inocência" nossa !
A poesia tem esse encanto, essa forma (quantas vezes metafórica) de dizer as coisas sem ferir susceptibilidades.

Creio que se lerem de novo o meu texto inicial, agora entenderão muito melhor !

Ainda sobre Florbela Espanca (da net) e justificações do que escrevi :

Uma mulher sofrida, atormentada,revoltada com a sociedade e com uma personalidade extremamente vincada, que se quer mostrar liberta !  
Apelidada por uns quantos como "Mulher Vagabunda" !  Uma mulher que, por tudo isso,  tenta 3 suicídios e morre aos 36 anos ! :(

Ela "viveu fora do seu tempo", numa altura em que "a Mulher era vista como ser inferior e totalmente dominável pelo homem" ! Reparem que não são os tempos de hoje, mas sim de há  100 anos !!!

A revolta contra "a condição secundária em que as mulheres do seu tempo eram colocadas", move-a frequentemente e acaba por reconhecer "que se sente presa nos casamentos" ( 3 por força das circunstâncias),  um sintoma de que, de facto, Florbela nasceu numa época que não era a sua, regida por normas a que dificilmente a poetisa se conseguiu adaptar.

Permanentemente revoltada, escreveu relativamente ao seu "dono", lamentando : "Vim para os Teus Braços Chicoteada pela Vida ... "

Considerava-se "Uma Mulher sem Areia" (?) e escreveu, criticando :
Aos homens pertence toda a liberdade e a mulher deve ser muito feminina, muito espontânea, muito cheia de pequeninos nadas que encantem e que embalem. 

Meu amigo (marido), se esperas ter uma mulher "sem areia nenhuma", morres de aborrecimento e de frio ao pé dela e, ...  não será com certeza ao pé de mim... 

Por isso escrevia com aquela liberdade, revoltada contra uma sociedade que não a aceitava !
Achava que "nenhum homem merecia o sacrifício da sua liberdade", e é, também por isso que "a moral tradicional, atribuindo às mulheres uma participação mínima na sociedade, era incompatível com a sua maneira de pensar, favorável à emancipação feminina" .

Por isso escrevia livremente e "contra a corrente" de uma moral estabelecida , como que "agredindo" quem "oprimia" a Mulher ! ... 
O curioso é, que quem a lê, tende a "amaciar" as suas intenções de "vingança" contra a sociedade e "a fazer olhos e ouvidos moucos" ao que ele escreveu ! :(((

Mas que Mulher fantástica, determinada e corajosa, esta, que eu não me canso de admirar !!!

INICIAL :


DESAFIO DE LITERATURA

Naquele tempo "em que os animais falavam", vira-se a "mãe galinha" para a sua "pitinha" e recomenda-lhe : 
- Minha querida, olha se te portas bem !... Se assim for, terás um belo frango que tomará conta de ti, terás muitos pintainhos dessa relação e viverás feliz e realizada como mãe" ! Olha o meu exemplo !!!

Ora a sua "pitinha" sabia bem como eram os frangos e até os galos ! :( ... Qual só para ela ?... e mais ! ...  se eles eram galos, porque não ser ela galinha ?!... ora essa ! ... 

e pergunta : 

- E se eu me "portar mal" o que acontecerá, mamã ?
- Ah ! Nesse caso, em vez de um, ... terás muitos !!! ...  
Ora, foi o que a "pitinha" quis ouvir !  :))) ...
..........................................................................

Esta pequena "fábula" não é novidade para ninguém, mas vem a "talhe de foice" 
para este desafio !

"Naquele tempo", como hoje, já se "confundiam" as palavras homónimas !... e isso até dava jeito ! ...  Esperem, que irão entender ! :) ...

Ora foi precisamente nesse tempo das "fábulas" que se escreveram coisas "fabulosas"  e, ...  "fora dos tempos de hoje", ... Quem diria ?! ...

Temos que concordar que há algumas "pitinhas", por este mundo, verdadeiras "ninfomaníacas" !!! … :)

... e onde está o mal ? ...  perguntarão.

Sinceramente que não tenho nada contra ! Acho que cada qual, é e deve ser como é e como quer ser !  Viver a vida na sua plenitude possível, na altura própria, se assim lhe aprouver !



"Amar" é o máximo !!! ... O que deve estar sempre presente no nosso espírito !
... E um desses escritos (dos tais) "fabulosos" é bem a prova disso !

Temos que deixar hipocrisias de lado e constatar que o que eu estou a escrever, não é mais nem menos do que a "tradução" de  ... 

o pensamento, o sentir, o revelado na sua escrita e todos nós o achamos maravilhoso ! ... O máximo !!! 

Diz um amigo meu : “ai se eu fosse mulher !!! … Eu seria “uma doida” !!! …eheheh ...
Se fosse mulher, não teria descanso ! … Era aqui, ali, acolá, com este , com aquele e com o outro e tudo com total desprendimento ! :)))

Nada de prisões ! Nada para uma vida ! … e indiferente ao que pudessem pensar ou dizer !

A vida é como UM ano e como as suas estações ! … Nasce no Inverno, lá chega a Primavera :) ... e o Verão :)) ...  , mas, logo chega o Outono e o “FIM” ! :( ...  e assim deve ser pensada ! :(

Afinal, se Deus nos fez assim, foi para desfrutar, para viver a vida !
E se e quando um dia morrermos, olhem, ... "que se lixe", tal como diz o povo, “morra a Marta, mas morra farta” ! rsrsrs


Mas agora (?), perguntarão ! … Afinal porquê este longo discurso ? … eheheh
É que, o que eu queria saber, é quem foi o/a "desavergonhado/a" que escreveu sobre este tema e desta maneira ?! ... Eu só "traduzi" !!!

É preciso ter descaramento, não é ?… rsrsrs … Será que sim ?… Será que não ?…
eheheh ... lá está :  "Opiniões.... moralismos " ! ...  :(( 

É das coisas mais belas que já vi escritas !!! ... e creio que vocês também !!!

Então,... se achamos que foi das coisas mais belas,... porque criticar ? ...



QUEM FOI ? 

…  e já agora, certamente me poderão dizer em que tema !


(comentários moderados)
.

180 comentários :

  1. Depois desta expressividade da linguagem escrita tenho que descansar por breves segundos; depois arrumar e compartimentalizar as ideias transmitidas e recordar se alguma vez li algo que assemelhe e pesqisar. Uff... até já.. 😯😯😎😎

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi falta de respiração, Catarina ?... eheheh
      Não é complicado. Até muito simples ! :)... mas está a começar e não posso ainda adiantar muito mais. :))

      Eliminar
  2. Lamento Rui. É areia demais para a minha camioneta. Acabei de ler e fiquei a olhar para o texto como boi a olhar para um papiro.
    Fui
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) ... Não será caso disso ! :)

      Eliminar
    2. Está a ver como não era caso disso ?... eheheh
      Por vezes temos a resposta à frente dos olhos e não a vemos ! :))

      Eliminar
  3. Ninfomaníacas lembram-me o livro de Irving Walace e o filme de Lars vom Trier. O livro tenho-o aí algures já o li há mais de 20 anos, o filme não vi nem sei se trata ou não a história do livro.
    Porém não acredito que seja nada disto, porque era demasiado evidente, e livros eróticos eu creio que só conheço de nome, pelo que não encontro onde buscar. Também não me parece que Seja Emmanuelle de Emmanuelle Arsan.
    Desta vez é que o meu neurónio pifa de vez...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se trata de enredo de qualquer obra nacional ou internacional, Elvira !
      :) ... Amanhã, se ainda estiver difícil darei alguma ajudinha ! :)

      Eliminar
    2. hum então não é o enredo de nenhuma obra nacional ou internacional....

      Eliminar
    3. O que é Nacional é melhor, Gábi ! :)

      Eliminar
  4. Lembrei-me agora de um quadro na Casa Museu de Bocage.
    Logo como acredito que se trata de um escritor português será um dos seus poemas eróticos. Vou ver se encontro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não era ! ... rsrsrs ... Nem o texto em causa é erótico !
      É mais um "sentir", "um pensar alto", "uma confissão para si mesmo" (e para os outros), "um desabafo" (incontido), "um manifesto" ! ... Uma Maravilha !!!
      É ou não é ?... eheheeh

      Eliminar
  5. Todos

    Este desafio literário está na mesma linha dos dois anteriores, sobre Camões e João de Deus. Não precisam de "complicar". :)
    Creio que todos conhecem !
    Não há portanto mais "problema" que nos dois anteriores !

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. :)... Por hoje, Elvira. rsrs ... Tenha calma que não é tão complicado como possa parecer !
      O texto é que está mais "rebuscado" ! :)

      Abraço

      Eliminar
    2. ahahah ! ... Isso era se eu acreditasse ! rsrs
      O "bichinho" é danado, Elvira ! :))))

      Eliminar
  7. Olá Rui, isso foi depois da invenção da pílula ?!!!
    poderá ser um "ele" ?!
    mas também há quem acuse a Branca de Neve de ser desavergonhada !
    penso ainda nas sereis dos Lusíadas, aquelas ninfas que ficavam piradinhas quando os marinheiros que passavam ao seu alcance !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))... Antes da invenção da pílula contraceptiva ! :)
      ... mas que "sarilho", Angela ! eheheh ... Ainda mais essa ! :)
      ahahah... Essa queria logo 7, mas,... parece que se "portou bem" !?... Pareeeece !?... Disse eu ! eheheh
      Não são as ninfas do Tejo ! Essas, pelos vistos nunca falaram ! rsrsrs

      Eliminar
  8. Nem sei por onde lhe hei-de pegar...:) talvez seja do sono?!?!
    Amanhã espero estar mais espertinha hihih
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)))... Já ?... Ok, papoila. Amanhã poderá ser que já se vejam dicas ! :))
      Beijo

      Eliminar
    2. Então, papoila ?,... já activa ?...
      Vá lá. O sono já lá vai.
      Eu tenho a certeza que tu já leste o "tema" referido no post ! ... Vá lá ! Até sei que é um dos teus preferidos !
      Já to "ouvi" dizer ! :))

      Eliminar
  9. Prezado Amigo Rui Espírito Santo.
    Darei o primeiro tiro: Confissões Santo Agostinho.
    Será que o tiro foi certeiro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não era uma santidade, nem fazia questão de o parecer, Professor ! :)
      E confessava-se abertamente, por escrito, com toda a verdade e "sem papas na língua" ! :)

      Eliminar

  10. Bem... por esse engrandecimento que deste à "obra"... não me digas que estás a falar da Bíblia Sagrada?

    Vou investigar!
    Até já.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que não!
      Vou continuar a pesquisar :)

      Eliminar
    2. ahahah... Está uma introdução muito "rebuscada", não está ?... rsrs ... e olha que não sou apóstolo, nem aqui há santos nem santas ! :)
      É uma questão de interpretação do texto !
      Mais a obra a preto, mais comentários meus a azul ! :))

      Eliminar
    3. É assim... o teu texto está MESMO muito rebuscado e se calhar exageraste na tua interpretação livre do poema. Não te esqueças que é apenas A TUA interpretação.

      Eliminar
    4. :( ... Não concordo ! Desculpa ! ... Creio que há "pudores" escondidos que não deixam ver à primeira o que está escrito !
      Eu falo em "homónimas" ... É o caso (por ex. de "Dormir")
      Nas frase : "Já dormiste com ele ?" claro que dormir tem um significado diferente , tal como naquela outra palavra ! ... E é dito muito claramente qual o significado ! O "coração" não está lá ! Sim outra coisa ! ... e não me posso "alargar" em justificações agora, o que farei na re-edição.
      Peço-te é que leias com essa minha interpretação (do texto e verás se não tenho razão ! :))
      Ir lendo, linha a linha e comparando ! :))

      Eliminar
  11. PS - Darei mais um tiro: será o livro sagrado dos devassos, Kama Sutra?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Professor.
      Eu digo que é das coisas mais belas que já vimos ESCRITAS ! :) ... Esse cama não tem muito que ler . É mais para ver ! :)))

      Eliminar
    2. hum...estava eu a pensar que o nome do autor/a poderia começar por N...e voltei ao ponto de partida...

      Eliminar
  12. Então é a inigualável obra Os Lusíadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, Professor. Trata-se de "uma coisa" muito mais pessoal, ou personalizada ! Não de um enredo de uma obra tal como essa e mesmo se essa, só o canto IX.
      Uma coisa muito mais bela e pessoal !

      Eliminar

  13. Bom, se o que está a preto é o que deve ser analisado... e quando há alguém, importante para a nossa literatura portuguesa, a falar de outra pessoa e a chamar-lhe o "Máximo"... lembra-me Fernando Pessoa a exaltar Camões.
    Hum... tenho de ir ver se a Mensagem" tem alguma coisa a ver com isto.

    Até já.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Digamos que o que está a preto é mais directamente ligado à questão que está em causa : de que é que se trata, ou de quem !
      A azul, são mais considerações e divagações minhas, mas sem grande rigor nessa "separação" de "falas".

      Aqui, quem é mais importante a falar disto, somos "todos nós" os leitores e não personalidades literárias !
      Não tem a ver com Pessoa ou com Camões !

      Eliminar
    2. «...mas sem grande rigor nessa "separação" de "falas".»
      Então se não há rigor nessa separação... então para que colocaste cores diferentes!?
      Está aqui uma grande salsada, digo-to eu!

      Dois tiros na água... tenho de continuar a investigar!
      (^^)

      Eliminar
    3. :( ... É um facto. Eu até poderia não dizer nada e usar a mesma cor, mas achei que assim facilitaria, mesmo que sem um rigor total.
      Mas se lerem o que está a azul e depois lerem o que está a preto, acho que já será uma grande ajuda, para além de todas as dicas que já sei.

      Reconheço que esta é mais "elaborada" que as duas anteriores, mas quando editar, verão como o texto se enquadra perfeitamente ! ... Não é tão complicado como parece e vão todos ficar admirados com a simplicidade !

      ... Ora bolas ! :( ... Como é que eu não vi isto logo à primeira ?... :))

      Eliminar

    4. Ok... já sei!
      É o Quim Barreiros!
      ahahahahaha

      Eliminar
    5. ahahahah... Eu ia mais para a "Rosinha" que diz :

      "É de gatas, é de gatas que eu gosto !
      É de gatas, é de gatas, sim senhor.
      É de gatas, é de gatas que eu gosto !
      Se não acreditam perguntem ao meu amor.

      Depois podes ver o resto no Google ! :)))

      Eliminar
  14. Agora acho que o tiro será certeiro: Eça de Queiroz.
    Como pude esquecer da inesquecível personagem Amelinha?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não, João Paulo. :(
      A Amelinha só se confessava ao Querido Amaro, mas não publicamente ! :)... "Fechava-se em copas" ! :)

      Eliminar
  15. Quem escreveu o livro Sem Papas na Língua foi a nobilíssima atriz e escritora Beatriz Costa?
    Já até perdi a conta de quantos tiros já dei. Meu canhão precisa ser recarregado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. rsrs... Não era isso que estava em causa, João Paulo.
      Não sei se conheces esse termo aqui falado "para indicar que uma pessoa não tem qualquer preconceito em dizer o que pensa ou sente" !
      Não tem a ver com nada mais a não ser que quem escreveu o tema do desafio era-o assim ! Escrevia tal como sentia e como pensava, livremente e sem preconceitos !

      Eliminar
  16. Eu conheço a anedota que faz o mesmo efeito que a tua história com a galinha e a "pitinha"...

    A Mãe dá banho ao irmão de 6 e à filha de 4 anos. A irmão aponta para a pilinha do irmão e pergunta:

    - Mãe o mano tem uma coisa ali à frente que eu nao tenho !?

    - Pois minha filha ele é um menino e tem um pilinha. Tu como és uma menina tens uma rachinha !

    - Ò Mãe mas eu queria ter um pilinha como o mano !

    - Minha filha quando cresceres se te portares bem, vais ter um pilinha só para ti como a do mano !

    O miúdo assim que ouve a última frase da Mãe, diz:

    - E se te portares mal, vais ter muitas !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah... A história é a mesma, mas com "um miúdo reguila", que já "sabe muito", Ricardo ! ehehehe

      Eliminar
    2. ... rindo muito aqui ,Rui A historinha do Ricardo é melhor ainda... rs Confesso que já desanimei _li de Miguel de Cevantes a Eça de Queiroz e nao identifiquei esse seu texto _há pequenas aparências Mas sinceramente ,nao me situei nem mesmo no seu texto onde nao visualizo a 'dica' rs Precisas sim ,ser mais direto ok? O bom mesmo é a brincadeira que nos leva a ler os amigos, interagir e torcer pra que venha a luz.
      Abraço,Rui e Ricardo( de onde peguei a carona),
      Buenas noches

      Eliminar
    3. É a mesma historinha noutra versão, Lis ! :)))

      Não é Cervantes, nem Eça ! É gente de cá de Portugal e que há 100 anos era vivo/a. Um/a Lobo com Alma ! :)
      Nome e tema(obra) do mais conhecido que possa haver (de todos !!!

      Eliminar
  17. Acuda deusa das deusas de todas as deusas, Poderosa Afrodite...
    Jardineiro JP com a adubo vencido.
    Buaaaá...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu estou já quase com os meus miolos calcinados!
      hehehe

      Mas garanto-lhe que estou super divertida com este enigma literário do nosso Mestre!

      Eliminar
    2. :)) ... Eu sei bem o que custam estes divertimentos, Afrodite ! :(... "Raios", que não conseguimos descansar enquanto não descobrimos.
      Quando é comigo, nem consigo dormir ! :((

      Eliminar
  18. Prezado Amigo Rui Espírito Santo.
    Se o tiro não foi certeiro pedirei ao meu coetâneo Ricardo Santos um pé de aface para me enforcar:
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Luiz_Pacheco
    Bummmmm.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu juro que não bebi mais nada que água agora ao jantar... mas estou aqui fartinha de me rir!

      Obrigada JP!
      (^^)

      Eliminar
    2. ahahah... Alface para enforcar !... Muito eficaz ! :)
      Uma boa ideia para quando eu andar melancólico ! :))

      O melhor será levar isto "numa boa" ! Temos tempo e só terminará quando quiserem ! :)

      ... e não é Luiz Pcheco !

      Eliminar
  19. TODOS

    Uma proposta: Parece já haver algum cansaço ! ... Vamos fazer uma pausa e descansar até amanhã !
    Se vir que continuam se atinar com a coisa darei mais alguma dicas, mais directas !
    OK ?...
    Então, até amanhã e durmam bem ! Quem sabe se terão sonhos que lhes indiquem o caminho ?... :)))

    Abraço e até amanhã.

    ResponderEliminar
  20. Ó Rui, será que se trata do poema Amar da Florbela Espanca?
    Não queria pensar no desafio, mas não me sai da cabeça.

    ResponderEliminar
  21. Só agora vi o teu novo Desafio e nem sequer o li com muita atenção. Mas, bastou-me algumas passagens (breves) para pensar em Florbela Espanca e no seu Soneto "Amar Perdidamente".

    Estarei certa, Rui?

    A esta hora já deves estar entre vale de lençóis, mas amanhã é outro dia.

    Beijinhos perdidos...:)

    ResponderEliminar
  22. Agora vou ler os comentários a ver se meti água. Pois na ânsia de dar palpite, não li nada. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de lá chegarmos, o "Desafio" tem outro encanto !!! rsrsrs
      ... E confessa lá : É ou não é "de caras" ?!...
      Não achas que estão a complicar o que é simples, Janita ?...

      Eliminar
    2. De facto, Rui, esta para mim foi simples. Senti um certo feeling, mal li aí uma simples palavrinha e fui continuando a ler.:)
      Realmente, já o disse e reitero, Rui, tens cá uma 'queda' para simular situações que vão de encontro àquilo que queres 'plagiar' que é uma coisa nunca vista!! :))
      Se me deixares, e não sei como vai isso dos acertos, deixo aqui uma pista às nossas queridas amiga; Sabem qual é o estilo literário que a Janita mais gosta de publicar? Pois então...agora vejam quem é a Mulher que quis ser de todos e não ser de ninguém...;))

      Beijocas sem depravação: tudo por amor e só por amor...

      Eliminar
    3. Sabes quanto eu adoro fazê-lo, Janita ! ... e confesso que este me deu um gozo muito especial ! :)) ...

      Eu acho que, passada aquela 1ª fase de desafio e só então, para não tirar o prazer aqueles que gostam mesmo destas coisas, de serem desafiados e conseguirem-se ultrapassar, poderemos começar a facilitar um bocadinho, desde que não explicitamente !
      Claro que há aqueles outros que "desistem", não gostam de desafios e aguardam pelo fim, para saber o resultado.

      Sobre amor, amar, que enorme quantidade de cambiantes, Janita !!! ... :))

      Beijocas ! :)

      Eliminar
    4. Janita queres compartilhar esse feeling comigo??

      : ))

      Eliminar
    5. Já agora, connosco, Janita :)

      Eliminar
  23. Para já não sei...vou à procura de pistas nos comentários que antecedem...e como só cheguei agora espero que ainda haja muito tempo para se tentar chegar à resposta...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gábi !... O texto é onde estão mais pistas ! Carregadinho delas !
      Quase diria que está lá tudo escrito noutro formato ! :)

      Eliminar
  24. Vou voltar a ler lá em cima o que está escrito...

    ResponderEliminar
  25. com calma :)
    e algo muito positivo aqui não me é pedido que prove que não sou um robô :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já disse que "sou um gajo porreiro" ! Aqui pode entrar quem quiser ! Até robots !!! :)))

      Eliminar
    2. Se calhar dava jeito ter aqui ao lado um robô que soubesse a resposta :)

      Eliminar
  26. 1ª tentativa
    Eclesiastes 3

    1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
    2 Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
    3 Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
    4 Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
    5 Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
    6 Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
    7 Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
    8 Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.
    9 Que proveito tem o trabalhador naquilo em que trabalha?
    10 Tenho visto o trabalho que Deus deu aos filhos dos homens, para com ele os exercitar.
    11 Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração do homem, sem que este possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim.
    12 Já tenho entendido que não há coisa melhor para eles do que alegrar-se e fazer bem na sua vida;
    13 E também que todo o homem coma e beba, e goze do bem de todo o seu trabalho; isto é um dom de Deus.
    14 Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe deve acrescentar, e nada se lhe deve tirar; e isto faz Deus para que haja temor diante dele.
    15 O que é, já foi; e o que há de ser, também já foi; e Deus pede conta do que passou.
    16 Vi mais debaixo do sol que no lugar do juízo havia impiedade, e no lugar da justiça havia iniqüidade.
    17 Eu disse no meu coração: Deus julgará o justo e o ímpio; porque há um tempo para todo o propósito e para toda a obra.
    18 Disse eu no meu coração, quanto a condição dos filhos dos homens, que Deus os provaria, para que assim pudessem ver que são em si mesmos como os animais.
    19 Porque o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo também sucede aos animais, e lhes sucede a mesma coisa; como morre um, assim morre o outro; e todos têm o mesmo fôlego, e a vantagem dos homens sobre os animais não é nenhuma, porque todos são vaidade.
    20 Todos vão para um lugar; todos foram feitos do pó, e todos voltarão ao pó.
    21 Quem sabe que o fôlego do homem vai para cima, e que o fôlego dos animais vai para baixo da terra?
    22 Assim que tenho visto que não há coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras, porque essa é a sua porção; pois quem o fará voltar para ver o que será depois dele?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai que trabalheira, Gábi ! . Não. É uma coisa muito simples !
      Não dificultem o que é tão simples, tal como João de Deus ou ainda mais simples ! :)

      Eliminar
  27. Para completar, e porque o Soneto se chama apenas "Amar",
    aqui o trago, Rui.
    É lindo! Como linda e triste foi essa estranha Mulher...:)

    "AMAR"

    Eu quero amar, amar perdidamente!
    Amar só por amar: Aqui... além...
    Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente…
    Amar! Amar! E não amar ninguém!

    Recordar? Esquecer? Indiferente!...
    Prender ou desprender? É mal? É bem?
    Quem disser que se pode amar alguém
    Durante a vida inteira é porque mente!

    Há uma Primavera em cada vida:
    É preciso cantá-la assim florida,
    Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

    E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
    Que seja a minha noite uma alvorada,
    Que me saiba perder... pra me encontrar...

    (Florbela Espanca, «Charneca em Flor», in «Poesia Completa»)

    *-*

    ResponderEliminar
  28. Pensei primeiro que poderia ser um poema de Natália Correia mas não consegui encontrar um que se enquadrasse bem no que é dito...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é ! Este é muito mais conhecido e de acordo com o texto !:)

      Eliminar
    2. Rui, a Natália Correia é conhecida como os tremoços.

      Eliminar
    3. :)) ...E eu não sei, Teresa.Ainda há menos de um ano "estive com ela" no seu Botequim, em Fajã de Baixo, S. Miguel, Açores ! "Com ela" com as suas recordações, citações, alusões, uma infinidade de conhecimentos / recordações suas pelas paredes ! ... Além de a conhecer muito bem enquanto política, por cá ! ... Uma Mulher extraordinária ! ...

      Eliminar
    4. Uma mulher extraordinária, ODIADA por outra mulher extraordinária.

      Eliminar
    5. Então, Rui, quem foi a poetisa extraordinária que odiou profundamente a Natália Correia?

      Eliminar
    6. ???...
      Verdade que ela tanto fazia amigos, como do mesmo modo criava inimizades !... mas não estou a ver em concreto, quem ! :(
      Quantas vezes temos amigos sem o sabermos ?!...

      Eliminar
    7. A Sophia de Mello Breyner Andersen.

      Uma das melhores poetisas de Portugal, mas que tinha a propensão de dizer mal das suas concorrentes, como por exemplo, da Natália Correia ou da Judite de Carvalho.

      Ninguém é perfeito😂

      Eliminar
    8. Não sabia Ematejoca...

      Eliminar
  29. Bem, espero ter tempo amanhã para mais tentativas
    este desafio parece ser super interessante!
    um beijinho e boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes ter a certeza que é mais interessante, como constatarão no fim !
      Deu-me enorme gozo e prazer escrevê-lo, primeiro porque adoro a autoria do original, segundo porque adoro o que nele está escrito, terceiro porque adorei escrever sobre ele e desta maneira !

      Eliminar
  30. Lembra-me o erotismo de Maria Teresa Horta, mas não acredito que tu tenhas lido a sua obra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço bem a Maria Teresa Horta desde "as Novas Cartas Portuguesas" de "As três Marias", essa a Velho da Costa e a Isabel Barreno ! Quanta polémica , quase escândalo !
      Sei bem do "erotismo" da Teresa Horta (pioneira da denúncia da sua repressão, aliada à da sexualidade), se bem que, de facto, não tenha lido !
      ... Não é dela ! :(

      Eliminar
    2. Não referia às "Novas Cartas Portuguesas" que foram demasiado "badaladas" para o meu gosto.

      Referia-me ao livro EMA.

      No entanto, sabia que não é ELA a quem te referes, porque tu preferes SEMPRE o género masculino.

      Vou pensar, porque investigações não me dão prazer e, eu quero ouvir:

      "Morra a Teresa, morra farta"

      Eliminar
    3. Sim, até poderia ser, mas não é.
      MTH perseguida, incómoda para o Regime anterior, livros proibidos, quase proscrita pelo seu pendor sexologista e erótico e curiosamente, com essa sua obra já em (dita) "plena liberdade" não teve a aceitação de que seria merecedora ! Não foi muito valorizada por cá. Mais, sim até no Brasil, base de muitos estudos até para valorização académica ! ...

      ... mas olha que quanto ao que pensas, poderás estar errada !
      Vou-te dizer um "segredo" ! Trata-se de um vulto feminino ! :)

      Eliminar
    4. Caso se trate de um vulto feminino, então, só pode ser a Florbela Espanca.

      Eliminar
    5. E agora, Teresa, já poderás dar uma resposta mais completa e mais conclusiva ?...
      Aguardarei ! :)

      Eliminar
  31. Elvira Carvalho

    BIIIIInGOOOO !!!!
    Diz a Elvira, que já desistiu várias vezes ontem à noite, que :
    "Não queria pensar no desafio, mas não me sai da cabeça." :))

    .... ... e CERTÍSSIMO !!! rsrsrs às 23:35 !

    Parabéns Elvira ! Extraordinária determinação e querer ultrapassar-se !!!

    ResponderEliminar
  32. Janita

    IMPECÁVEL !!! :)) ... Diz a Janita que :

    "Só agora vi o teu novo Desafio e nem sequer o li com muita atenção. Mas, bastou-me algumas passagens (breves) para pensar em .... BIIIIINGOOO !!!
    Eram 23:55 ! :))
    Apresentou "A Prova" e diz que "É LINDO !!!" ...
    Parabéns Janita !!! :)

    ResponderEliminar
  33. TODOS

    Para já há estes dois acertos !
    Mais daqui a um bocado responderei aos outros comentários, mas por esta amostra, estão a ver que a solução está à vista !!!
    Nada de complicado ! ... e não compliquem o que é fácil.
    Como já disse, vão ficar revoltados (convosco), quando virem que não tem nada de transcendente ! ... Creio que todos já leram !!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Podes lá meter mais um na tua lista :))

      Eliminar

  34. Amar!

    Eu quero amar, amar perdidamente!
    Amar só por amar: Aqui... além...
    Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...
    Amar! Amar! E não amar ninguém!

    Recordar? Esquecer? Indiferente!...
    Prender ou desprender? É mal? É bem?
    Quem disser que se pode amar alguém
    Durante a vida inteira é porque mente!

    Há uma Primavera em cada vida:
    É preciso cantá-la assim florida,
    Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

    E se um dia hei de ser pó, cinza e nada
    Que seja a minha noite uma alvorada,
    Que me saiba perder... pra me encontrar...

    Florbela Espanca, in "Charneca em Flor"

    ResponderEliminar
  35. Como eu costumo dizer. Às vezes as coisas estão mesmo na frente dos olhos e não as vemos. Eu tinha mesmo desistido. Não me ocorria nada. De súbito, lembrei do trabalho que o professor da arte de dizer me deu no último dia de aulas, dizendo para o estudar porque seria o primeiro para o próximo ano. E fez-se luz...
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concorda comigo !?... rsrs... E agora mais um motivo para o interpretar (sei lá) por um outro lado, com uma visão algo diferente da que se teria ?...
      E tenho a certeza que este post a irá influenciar nessa outra interpretação na "arte de dizer" !
      Talvez difícil de abordar (descaradamente), mas é a realidade. Sugiro-lhe que procure nele essa minha interpretação !

      Eliminar
    2. Seria imperdoável e merecia mesmo nota zero se tivesse desistido. Como já disse tenho aqui alem do Charneca em flor que já tinha lido, uma biografia da poetisa e vários sonetos, pois o prof, da arte de dizer diz que vamos fazer uma apresentação da poetisa a Vila Viçosa, em Novembro.
      E pior ainda Rui. Eu tenho um blogue de poesia, só de poetisas, chamado "A mulher e a poesia" de cuja galeria ela faz parte.
      Bom já passou.
      Rui, se puder passar pelo Sexta para me ajudar a decidir uma coisa, ficar-lhe-ia muito grata.
      Um abraço

      Eliminar
  36. Afrodite

    BOOOOOOAAA !!! ... Fiquei feliz com o teu acerto e mai porque sei que somos parecidos nestas coisas. Eu não consigo descansar enquanto não não descobrir a solução e isso dá que sofrer um bom bocado ! :))... Felizmente podes sentir-te liberta ! :)
    ... e afinal (?)... Não doeu muito, pois não ?... :))

    ResponderEliminar
  37. Manuel Maria Barbosa du Bocage tinha a mania de escrever POESIAS ERÓTICAS, embora não acredite que seja a resposta certa.

    Queres saber o nome da obra ou o nome do autor?

    É poeta ou apenas escritor?

    O Camilo Castelo Branco também roçava o erotismo, mas muito levemente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atenção que eu não considero "esta coisa" alvo do desafio, como erótica, longe disso , já o referi !
      Uma escrita livre e desempoeirada, sem falsos moralismos ou pudores de alguém que eu adoro ler !
      ... E como sabes, já o tenho dito, não são assim tantas/os ! :)) ...
      Poesia. As duas coisas: o nome do "tema" e da autoria !
      Não é Camilo ! Aliás, dele, nem vejo erotismo, nem "destas coisas" do desafio! De um ex seminarista, muito ligado às causas da igreja o erotismo aparece fugazmente. Já com Eça, mais acentuado !
      Espero que agora acertes ! :))

      Eliminar
    2. Será algo de Eça?

      Eliminar
    3. Não é, Gábi. Já tinha dito. :))

      Eliminar
    4. Na POESIA du Bocage muitíssimo acentuado, por isso, foi ele a minha segunda escolha. Primeiro até pensei no Marquês de Sade.

      Será que os meus pensamentos é que precisam de bolinha vermelha?

      Eliminar
    5. :)) Não sei, não. Agora, é verdade que não considero este poema nada erótico. Não tem qualquer parte descritiva e pormenorizado de nada, a não ser de "intenções rapidamente faladas" e sem qualquer tipo de intimidade.
      E nota, que também não a minha abordagem ao poema !

      Eliminar
  38. Eu quero amar, amar perdidamente!
    Amar só por amar: Aqui... além...
    Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...
    Amar! Amar! E não amar ninguém!

    Estou a ficar senil, Rui!

    Tenho a obra completa da Florbela Espanca e "AMAR" é um dos seus mais famosos sonetos.

    ResponderEliminar
  39. ematejoca

    :))) ... Finalmente ! PARABÉNS ! ... Senil, não digo, mas (todas/os vós) a complicarem o que é tão fácil !
    Já todos leram e complicam, não sei porquê o que é tão fácil, por ser tão conhecido, talvez, porque eu "enfeitei" um ramalhete de apresentação do desafio de um modo mais interessante e sofisticado !
    Pena que (geralmente) as pessoas se afastem quando vêem muita coisa escrita ! :(... Vivemos na época do "não tenho tempo para nada, quanto mais para ler" !

    E afirmo muito sinceramente : este post dava "pano para mangas" !
    Creio que poderia escrever um livro sobre ele ! ... Só que ninguém iria ler ! :((

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha confusão foi, que eu estava convencida que se tratava de um autor do género masculino.

      Claro que du Bocage é muitíssimo mais forte na sua Poesia Erótica do que a poetisa algarvia.

      Eliminar
    2. Com Ramalhete vamos parar a um palácio dos Maias...

      Eliminar
    3. Se fosses tu a escrever o poema, Rui, então é que era caso para uma bolinha vermelha.

      Eliminar
    4. Achas ?... Sinceramente, não vejo porquê !
      A simples fala no "Amor", mesmo que nas suas diversificadíssimas formas não implica qualquer tipo de erotismo.
      Isso sim, se houvesse descrições "pormenorizados" de qualquer tipo de acto, o que não é o caso !
      Limitei-me a "chamar os bois pelos nomes" e mais nada que isso ! Até pode ter sido um certo exagero meu, mas nada, nada de erótico e muito menos de pornográfico !

      Eliminar
  40. Ai Rui, Rui!
    Se bem que só tenha chegado agora aqui, já li o texto, os comentários, e nada!
    Vou voltar a ler, pôr a cabecinha a trabalhar, e volto.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ju.
      Se há alguém que eu tinha esperança que acertasse facilmente, serias tu !
      Fico à espera, ok ?... :)
      Beijinho

      Eliminar
  41. Caro amigo
    Só cheguei agora e deparo-me aqui com um rol de comentários, já para não falar de pitos e pitas Rsrsrs..

    Claro que vou tentar descobrir que escreveu sobre assunto tão interessante
    Até já, espero com boas novidades :) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah... É verdade ! Isto encheu rapidamente. Agora é um bocadinho mais difícil de rever os comentários

      Podes crer que é muito giro !... Isso eu garanto !
      Fábulas e fabulosas ! :)) ...
      Sei que sabes quem é e o que é ! :))

      Eliminar
    2. BOOOOA Manu ! Agora só terás que ver do que se trata.

      Desculpa não ter dito há mais tempo, mas não tenho estado por aqui ! :((

      Eliminar
  42. Será alguma obra de Valter Hugo Mãe?

    ResponderEliminar
  43. Rui, arrisco Florbela Espanca, talvez por achar uma mulher que quis viver em pleno a sua vida !

    ResponderEliminar
  44. Embora sem muitas certezas arrisco a dizer que tem aqui palavras de Florbela Espanca.

    ResponderEliminar
  45. Ricardo Santos

    Boooa , Ricardo,... em parte ! ... Quero saber mais. Tem lá paciência.
    Parcialmente está bem, mas preciso saber o que é , ok ? ... :))

    ResponderEliminar

  46. https://www.youtube.com/watch?v=peWva7n1q3w

    ResponderEliminar
  47. Penso que seja o soneto "Amar", que deu um fado !

    Eu quero amar, amar perdidamente!
    Amar só por amar: Aqui... além...
    Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente…
    Amar! Amar! E não amar ninguém!

    Recordar? Esquecer? Indiferente!...
    Prender ou desprender? É mal? É bem?
    Quem disser que se pode amar alguém
    Durante a vida inteira é porque mente!

    Há uma Primavera em cada vida:
    É preciso cantá-la assim florida,
    Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

    E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
    Que seja a minha noite uma alvorada,
    Que me saiba perder... pra me encontrar...

    (Florbela Espanca, «Charneca em Flor», in «Poesia Completa»)

    ResponderEliminar
  48. Rui, é apenas e só a minha "musa" das palavras bonitas, ainda na semana passada pubiquei um poema dela, a Grande Florbela Espanca, que tem um nome que lhe faz justiça, tal a forma como nos espanca e espantacom os seus belos poemas e textos.
    Eu cá sou fã....adorava um dia saber escrever bonito assim!

    Mimos agradecidos por este presentinho!

    ResponderEliminar
  49. Rui hoje vim só deixar o meu beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijinho, Adélia ! :)... Fica bem !

      Até amanhã
      Beijinhos :)

      Eliminar
  50. Desisti...nem puxo pelos miolos.....
    Tenho pulgas aqui...sem tempo para pesquisas nas vim cá te visitar....e tu poes-me a quebrar a cabeça? É olha que só tenho uma cabeça para pensar e não há mais espaço...e a burra sou eu?????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh... Tenho a impressão que acertarás em pouco tempo, Gi ! :)) ... É só atentares no que está escrito ! :)

      :))

      Eliminar
    2. Olá Gi ! ... Não desistes nada !!! :(
      Eu tenho a certeza que já leste o tema sobre o qual recai toda aquela lenga lenga do meu post !
      E creio até que bem recentemente ! :)
      És lá tu mulher de desistir !?...

      Kissinhos :)

      Eliminar
  51. Voltei e espero que entretanto tenham surgido resmas de pistas em comentários!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faltam pistas, Gábi, por todo o lado ! :))

      Eliminar
  52. Portugalredecouvertes

    CERTÍSSIMO, Angela. É isso mesmo !!! :) ... Parabéns !

    ResponderEliminar
  53. Terá sido algo dito pelo João da Ega?

    ResponderEliminar
  54. Ricardo Santos

    Ah ! ... Agora, COMPLETO, Ricardo ... BIIIInGooo ! :)

    ResponderEliminar
  55. Esmeralda Martins

    Certo (autoria) ... Agora só falta dizer do que se trata, Esmeralda ! :)

    Miminhos de cá de cima ! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Esmeralda. Não te esqueças de dizer a que tema da autora se refere o texto deste post !
      É só que te falta. :)

      Miminhos :)

      Eliminar
  56. Respostas
    1. :(... Não. Muito verde ! :)

      Eliminar
  57. De tarde com o ramalhete rubro das papoulas?

    ResponderEliminar
  58. Acho que já sei, Florbela Espanca, Amar!

    Amar!
    Eu quero amar, amar perdidamente!

    Amar só por amar: Aqui... além...

    Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente…

    Amar! Amar! E não amar ninguém!



    Recordar? Esquecer? Indiferente!...

    Prender ou desprender? É mal? É bem?

    Quem disser que se pode amar alguém

    Durante a vida inteira é porque mente!



    Há uma Primavera em cada vida:

    É preciso cantá-la assim florida,

    Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!



    E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada

    Que seja a minha noite uma alvorada,

    Que me saiba perder... pra me encontrar...

    ResponderEliminar
  59. Caro amigo
    Estou assim a modos que paralisada cerebralmente, apesar de ter tentado e como me vou ausentar uns dias, não terei tempo para continuar as minhas pesquisas, com muita pena minha.
    Quando chegar certamente já aqui estará a solução.

    Beijinhos Rui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Manu. (??)...
      Tu já tinhas chegado ao mais difícil que era acertar com a autoria, tal como te disse aqui :

      Rui11/7/17 22:57
      BOOOOA Manu ! Agora só terás que ver do que se trata.

      Agora é só ver (nesta autoria) qual o tema que lhe corresponde !

      Eliminar
  60. redonda

    CERTO, Gábi ! ... e sem precisares de ajudas "extra"! rsrsrs
    ês como não era tão complicado como parecia ?...

    ResponderEliminar
  61. Antes de partir ainda fui fazer uma pesquisa rápida e deixo um palpite:
    A Carne é Fraca de Eça de Queirós

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respondi-te agora mesma ao comentário anterior.

      Tu já tinha acertado ! Só te faltava dizer qual o "tema" !

      Nada de Eça !... Sim num outro comentário teu que ficou retido ! ... Esqueceste-te do motivo de ter ficado retido ?... mas olha que te tinha dito acima que estavas certa no teu palpite. Só falta o nome da "coisa" em que isso se baseia !
      Tu sabes, de certeza e é pena ausentares-te e não o dizeres !
      :))

      Eliminar
  62. Catarina

    CLARO QUE SIM, Catarina !!! ... É isso mesmo. Lindo, lindo, não é ?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje não me sinto merecedora do prémio! 😯😯

      Eliminar
    2. eheheh... Nem penses !!! ... Foi muito interessante !!! :)

      Eliminar
    3. Eu até sei a razão, Catarina 🌹

      O Rui deitou tanta pimenta na sua discrição, (pensei até no erótico Marquês e na sua Justine) que todas nós merecemos o prémio.

      Eliminar
    4. (??)... Remeto-te para o meu comentário da há pouco às 17:22, Teresa.
      Talvez que com a re-edição e as minhas justificações entendam melhor "isso" a que chamam pimenta !
      ... e acho que, nada de sadismo !

      Eliminar
  63. Rui
    Já vi pelos comentários que não foi Eça, terá sido Agustina Bessa Luís?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Manu.

      Tu já acertaste com a autora ! É uma mulher. Já foi dito (escrita essa dica) ! ... É só saberes onde ela escreveu o tema do post !
      Olha que isso, agora, é muito fácil !

      Eliminar
  64. Maria Teresa Horta?
    Vou almoçar e volto.
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não. :(
      Eu já disse acima que, se esperava que alguém acertasse, esse alguém serias tu, até porque tens um blog de poesia e digo-te mais : Até já lá vi esta autora e esta poesia ! ;))

      Bom almoço. O post só será libertado e re-editado logo ao fim do dia !

      Beijo

      Eliminar
  65. Um outro assunto, meu caro mestre Espírito Santo, um flamingo está à tua espera da tua resposta...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não sei o que é, mas vou tentar descobrir, Teresa ! :)

      Eliminar
    2. Quero que me digas, onde se encontra o flamingo.
      A AFRODITE não descobriu o local, mas tu...

      Eliminar
  66. Florbela Espanca no poema "AMAR".

    ResponderEliminar
  67. Porque é que não interpretei bem este poema, que já conheço de há muito!? Porque tenho olhos de santa (de pau carunchoso).
    beijinhos ingénuos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh... Pois é, JU ! :)) ... Porque, como diz a Teresa (ematejoca) ele está muito "condimentado" (à minha maneira! eheheh ... Isso "perturbou os espíritos menos avisados! Eu costumo não ser meigo com o picante na comida ! eheheh
      Procura agora interpretá-lo segundo os meus pontos de vista e verás se está ou não de acordo !

      Beijinhos,querida amiga ! :)

      Eliminar
  68. Apercebi-me há pouco, nos jardins da Afrodite, que havia aqui poema de Florbela, só que esteve disfarçado durante algum tempo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) Verdade, Luisa. A Afrodite já explicou a coincidência !

      :)) ... mas agora já te marquei falta ! ehehehe

      Estava bem "camuflado", mas agora está escarancado e com o "disfarce" justificado segundo a minha opinião pessoal ! rsrs

      Eliminar
  69. Eu tinha desistido. Mas era uma vergonha, Ainda se fosse sobre outra coisa, agora sobre literatura...
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah... Eu disse logo que "não acreditava", Elvira ! :)))
      ... mas para ser franco, receei que alguém pudesse sentir-se algo incomodado com um texto ... "tão,...forte". ... e até é natural que tenha acontecido. (???) ...
      Mas agora, nas "justificações" na re-edição poderão ver no que me baseei (minha opinião), para escrever aquele texto, algo rebuscado ! :))

      Eliminar

  70. Parabéns Rui!
    Isto é um autêntico tratado, uma verdadeira Tese de Mestrado!

    Como realças, e bem, é a tua interpretação mas é plausível que tenha sido com esse íntimo e esse sentir que ela escreveu todas essas metáforas.
    Todos sabemos que a poesia é solo fértil para metáforas, eu própria já brinquei um bocado com jogos de palavras e acredita que sabe bem, dizermos coisas ao mundo que só nós sabemos na verdade o que querem dizer! Ainda há pouco a responder à Catarina lá nos Jardins, dizia-lhe que quanto à vida dela (Florbela) e quanto ao seu verdadeiro "eu", só ela conheceu verdadeiramente.
    Para nós fica a especulação! :)

    Beijinhos sem adjectivação
    (que neste contexto nem me atrevo a adjectivar!) hehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Afrodite !
      :)))) ... Ainda gostava de ver a "nota final" !... Se uma reprovação, ou se uma nota alta ! eheh

      Tal como dizes e eu concordo plenamente !
      E é precisamente isso ! ... Os poetas, metaforicamente, "amaciam" os seus poemas que muitas vezes se tornam como que "pinturas abstractas" ! ... mas também e este é mais "o foco da questão". somos nós próprios que "evitamos" "ver", "interpretar", o que está à frente dos nossos olhos ! ... e (insisto), temos uma tendência para ler "macio, soft" e não "hard" ! Não sei porquê, fugimos a ver para alem da "brandura" das palavras !?...

      Habitualmente, mantenho um desafio activo por dois dias e deixo-o re-editado mais um dia, precisamente para "discussão".

      Como eu gostaria de ver mais críticas "abertas" a esta interpretação ! ... Infelizmente,... não. :(

      Obrigado pelo teu "parecer" :)

      Beijo muito grato.

      Eliminar
  71. Cara patrícia Lis.
    Pelo menos temos o consolo de saber que outros aplicados alunos da Escolinha do Professor Rui da Bica também tiraram zero na aula que terminou.
    Caloroso abraço. Saudações reprovadas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Professor e querida Lis. Eu acredito que não conheçam tão bem como os de cá, a poesia desta maravilhosa Florbela Espanca ! ... Sonetos maravilhosos que os aconselho a ler !
      Para mim, dos melhores sonetos de "amor sofrido" da literatura portuguesa.
      Temos que ter em conta que ela viveu entre 8/12/894 e 8/12/930 (faleceu no dia em que fazia 36 anos) !
      Uma época, muito diferente da de hoje, em que a Mulher não tinha "voto na matéria" ! :(
      Aconselho-os vivamente a ler sobre ela !

      E mais uma vez, admiro-os profundamente, relativamente ao conhecimento do que é português !!! Quantas vezes, os dois, ultrapassam os que são de cá ! Isso é notável !!!

      Grande Abraço de muita admiração, consideração e apreço !

      Eliminar
  72. cantinhodacasa13/7/17 14:51

    Desculpa a minha ausência, mas ando noutras ocupações.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei, tenho notado ! :))
      O Sapo não te larga e tu não largas o Sapo ! rsrsrs
      ... e claro, o Verão também nos rouba muito tempo, eu sei ! :))
      Beijinhos

      Eliminar
  73. Prezado Amigo Rui Espírito Santo.
    Muitíssimo obrigado pelo elogio e alentadoras palavras.
    Claro que sei da importância que esta tua nobilíssima patrícia, bem como deixou marcas poéticas indeléveis entre nós, mas por incrível que pareça ainda não li as poesias da lavra dela. Ontem, após o término da aula, a minha patrícia Lis disse-me que já leu poemas da lavra da Florbela Espanca.
    Caloroso abraço. Saudações poéticas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    PS - Acho que apreciarás sobremaneira este vídeo feito aqui do lado de cá do grande oceano e hemisfério que nos separam, em homenagem a Floberla:
    https://www.youtube.com/watch?v=olzXAqN8zfY


    PS II - Rui, conheci a cidade de Matosinhos casualmente porque, a bordo da máquina rodante que aluguei, acessei uma saída que não era para chegar no hotel do Aeroporto da cidade do Porto. Lembra que depois viestes nos socorrer, porque o Roberto esqueceu a carteira na casa de banho do Posto de Combustível?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela colaboração, João Paulo ! :)
      Se um dia quiseres ler poesia dela começa por ler os seus Sonetos ! Para mim, ela é o expoente máximo da literatura portuguesa (amorosa) neste tipo de poesia !

      O vídeo, mais biográfico que literário, está interessante. Apenas a "dicção" não está muito boa.

      Mas dá para ver. Dos seus pais "oficiais", a sua mãe, estéril, permite que o marido tenha filhos com uma camponesa e ela provém dessa relação.
      Ela própria com 3 casamentos e vários amantes, num curto período de cerca de 18 anos ! ... Uma mulher de uma instabilidade amorosa incrível e daí toda a sua obra poética !

      Sim, lembro bem. Como não ?... E a carteira lá estava direitinha na bomba de gasolina ! ... rsrs gente séria, esta !
      Matosinhos, já antes tinha sido percorrido por nós, após a saída do avião. Do aeroporto, optamos por essa via, por uma questão turística, rumo ao mar, Boavista, daí a Gaia, Arrábida, depois centro da cidade e Hotel (na Batalha), almoço e depois Gondomar !
      Abraço ! :)

      Eliminar
  74. Prezado Amigo Rui Espírito Santo.
    Grato pela indicação dos sonetos.
    É verdade tinha esquecido que quando fostes nos buscar no Aeroporto fomos a Matosinhos.
    Rui, estou cá a boiar, por que tu dissestes que aplicada aluna bracarense está envolvida com sapo? Ela cria sapos?
    Caloroso abraço. Saudações anfíbias.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus,sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    PS - Este vídeo é para a criadora de sapos bracarense, a aplicada aluna Maria:
    https://www.youtube.com/watch?v=ZrxjmULA9Ug

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh... O que eu sei é que há uma "ligação" muito grande entre os Sapos e a Maria Araújo e entre ela e os Sapos !
      :))
      Ela é que sabe ! :))
      Fica aqui para ela ver, Professor ! :))... Se passar por aqui !
      Abraço

      Eliminar
  75. Espero que nossa querida Amiga, a aplicada aluna Maria leia, bem como nos mostre fotografias do sapário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que ela veja, Professor ! ... :))

      Eliminar
  76. Minha nossa!!! Vim no fim mas com proveito ;)

    Bjnhs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)... Ainda bem que vieste, Lina Maria ! :) ...
      Pelo menos tiraste o proveito ! :)

      Uma interpretação muito minha, mas que creio profundamente certa !
      Pode ter chocado alguém, acredito que sim, até confundido nas respostas, uma "linguagem "dura", mas é a realidade (no meu ponto de vista) !
      As metáforas, na poesia, "encobrem" muito do que se quer dizer abertamente ! :) ...e aó reside a sua beleza !
      Se atentarmos, verso por verso na minha interpretação, verão que ela corresponde inteiramente !

      Ela é e continuaá a ser o meu ídolo em sonetos !!!

      Beijos

      Eliminar
  77. A análise do poema é absolutamente correcta.

    Na época em que a Florbela Espanca escreveu o poema, era sim, um poema revolucionário e de certa maneira erótico.

    No século XXI é um poema belo, mas absolutamente inocente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, Teresa ! Essa tuas palavras caiem-me do Céu ! ... Vindas de ti, envaideceste o meu Ego !
      Eu gosto de poesia, muito mais do que prosa ! ... e gosto de procurar entender o que está no espírito do poeta libertado de metaforismos que, quantas vezes, nos desviam a atenção para outros "campos mais macios" e para procurar evitar o choque das palavras "cruas e duras"!

      Era sim, um poema perante o qual, até os críticos da poesia não se "atreviam" a analisar na sua profundidade !
      Mas deixa-me dizer que mesmo nos dias de hoje, ainda parece "chocar" certos espíritos, se assim interpretado !
      .

      Eliminar