06/07/2017

DESAFIO - ANIVERSÁRIOS


Re-edição com os meus agradecimentos muito sinceros a TODOS os que comentaram, quer tenham acertado ou não, quer tenham sido os primeiros, ou os últimos !

Trata-se do Poema,  "Dia de Anos",  de  João de Deus .

Acertantes :

REDONDA,     CATARINA,    LUISA,     GRAÇA SAMPAIO,    JANITA,    PEDRO COIMBRA,     AFRODITE,    MANU,    ELVIRA CARVALHO,    EMATEJOCA,   PAPOILA,  JU,   FLOR DE JASMIM,    LIS,    PROF. JOÃO PAULO DE OLIVEIRA,    LM

Um Abraço muito especial para os amigos :

RICARDO SANTOS,   AVOGI ,   CANTINHODACASA





Ora vejam lá se o texto (abaixo) está ou não de acordo com o poema ! :))) ... Era fácil ! :)


INICIAL :

Porque será que os poetas têm tão grande facilidade em constatar tantas verdades ?…
Vamos lá a ver quem conhece os poetas portugueses  ! :)



Então não é que este, acha que é uma tremenda asneira estarmos a festejar os aniversários ?…

É mesmo para quem não tem nada nos miolos ! ☹ …

Diz ele que a asneira é tão grande que a gente habitua-se, toma-lhe o gosto e depois lá está, ... uma grande tolice ! … Volta-se a repetir o erro daí a um ano !!! :(

Reparem que é um puro engano ! ... até um desengano ! … :(((

Só ficamos velhos com isso ! … Temos é que pensar numa maneira de fazer outra coisa qualquer, porque também isto de não fazermos nada também não tem graça nenhuma !

Mas anos, … outra vez ? … não ! :( ... por favor ! … Há coisas que se começam, até por brincadeira, mas depois lá vem o hábito e catrapus, lá vem mais um, mais outro e ainda outro, quer se queira ou não ! :(((





Mas afinal, ... quem é este poeta  (português) ?

... e por acaso, conhecem o poema ?


(comentários moderados)

.

98 comentários :

  1. Se já tenho dificuldade com prosa, muito mais terei com poesia que, como costumam dizer, “não é a minha praia”. Praia para mim, só as do Algarve.
    Mas vamos lá ao que interessa. Não sei se concordo com esse poeta (ou será poetisa e usaste o termo poeta como um nome (substantivo) uniforme para modernizares a linguagem?! : )). Embora não faça grande alarido quanto ao meu aniversário, gosto que me comprem um bolinho e umas velinhas e depois tirem fotos para a posteridade. Pensando bem, creio que é a única altura em que me deixo fotografar, eu, que adorava ficar em todas as fotografias!!! : ))
    Vou pesquisar num instantinho. Talvez tenha êxito desta vez. Depois vou dar uma voltinha e aproveitar o resto do feriado... Até já.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))... São opiniões e de ilustre poeta, Catarina !
      Dizem que eles têm sempre razão ! rsrs... Vêem o mundo com outros olhos e com outra sensibilidade ! eheh
      Será que tem razão ?... Que não tem ?...
      O que está em causa é saber quem escreveu ! :))

      Bom resto de feriado. :))

      Eliminar
    2. Eu sei que queres saber quem escreveu.... Chiça!!! Alarguei-me com o comentário, já percebi! : ))
      Opiniões, são opiniões e respeito todas, mesmo sem as compreender. : ))

      Eliminar
    3. eheheh... Se dizes que te alargaste nos comentários, então não tens dado atenção aos meus , que parecem "um livro" ! rsrs
      Não. Não te alargaste nada, Catarina ! :) ...
      Sabes que eu também confesso que não gosto de festejar aniversários ?... e olha que nem de fotos ! rsrs
      É que já fiz tantos, tantas vezes que já me chegava ! rsrsrs

      Eliminar
    4. Não digas isso, Rui!!! Por favor!! Não chega nada! Quantos mais, melhor! Que possas festejar muitas e muitas vezes, sempre com grande lucidez... até aos cento e tal!! : ))

      Eliminar
    5. :)) Agora está na altura de os "desfazer" , ou então contar os que faltam para os 100, para dar a sensação que se vai ficando mais novo em cada ano ! rsrsrs

      Eliminar
  2. Será Agostinho da Silva?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :((... Não é, Catarina. :(

      Eliminar
  3. Acabo de chegar do desafio da Afrodite...espero que este seja mais fácil...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) Espero que tenhas acertado. Eu também deixei uma dica, mas muito subtil, na despedida !

      Eliminar
  4. Também não é a minha praia Catarina, prefiro prosa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, gosto mais de poesia, mas prosa ou poesia, não posso dizer que seja grande leitor !
      Não aprecio ficção ! Gosto mais de leitura de coisas reais e posso garantir que leio mais que a maioria !!!

      Eliminar
    2. Eu adoro ficção!

      Eliminar
    3. Gosto se forem contos pequenos, senão perco a paciência com tanto enredo e tanta gente ! :))
      Vê lá que já tentei ler os "100 anos de solidão" por várias vezes, mas às tantas já não sei quem é quem entre tanta gente na família ! :)))

      Eliminar
    4. :) eu li e também achei que com tantos personagens não dava para os desenvolver como eu gostaria e por isso também gostei muito mais de Amor em tempo de cólera

      Eliminar
    5. Não li "Amor em Tempo de Cólera", Gábi. E só li uns 3 livros de Gabriel Garcia Márquez.
      Nesse ele compara os sintomas do Amor aos da Cólera ! :)

      Eliminar
  5. Li de novo e está-me a parecer conhecido...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Óptimo ! :)))... Bom sinal !

      Eliminar
  6. Dia de anos

    Com que então caiu na asneira
    De fazer na quinta-feira
    Vinte e seis anos! Que tolo!
    Ainda se os desfizesse...
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito miolo!

    Não sei quem foi que me disse
    Que fez a mesma tolice
    Aqui o ano passado...
    Agora, o que vem, aposto,
    Como lhe tomou o gosto,
    Que faz o mesmo. Coitado!

    Não faça tal, porque os anos
    Que nos trazem? Desenganos
    Que fazem a gente velho.
    Faça outra coisa, que, em suma,
    Não fazer coisa nenhuma
    Também lhe não aconselho.

    Mas anos... Não caia nessa!
    Olhe que a gente começa
    Às vezes por brincadeira,
    Mas depois se se habitua,
    Já não tem vontade sua,
    E fá-los queira ou não queira!


    JOÃO DE DEUS Campo de Flores

    ResponderEliminar
  7. Só pode ser Fernando Pessoa!! Álvaro de Campos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :(( ... Também não, Catarina. :(
      Este não chegou ao séc. XX, mas chegou lá perto ! :)

      Eliminar
  8. redonda

    BRAAAVO !!! ... O 1º lugar do pódium, Gábi ! :))
    ... e com o poema e tudo ! ... Parabéns !!!

    Está a ver que nem precisaste de ler comentários anteriores ?...
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gábi, não se esqueça que continuo a ser sua amiga!! Um dicazinha vinha mesmo a calhar...

      Eliminar
    2. Acertei!!!

      João de Deus! “Dia de Anos”. Algarvio. Nascido em Silves!!!

      Outro BRAVO para este lado, por favor!!!!

      Eliminar
    3. Agora já posso ir dar uma voltinha!!! 16:30. Sol e temperatura amena!!!

      Eliminar
    4. A wikipédia diz que João de Deus nasceu em S. Bartolomeu de Messines. Engano meu!! Tenho uma grande amiga que é de lá. Daqui a pouco vou perguntar-lhe.

      Eliminar
    5. Incrível consegui acertar e em 1º ieeeeeeeeeeeeee

      Catarina será que já sabes?
      Se ainda precisares de alguma pista é só dizeres!

      beijinhos para os dois

      Eliminar
    6. Estás de parabéns, Gábi ! :)
      ... mas olha que a Catarina seguiu-te logo as pisadas ! :))
      Beijinhos para as duas ! :)

      Eliminar
  9. Onde já vão os meus 26 anos... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah... Booooa , Luisa !!! ... Uma boa dica !
      ... e no comentário retido, claro que CERTÍSSIMO !!! :))
      Com esta dica, nem precisava de mais nada ! :)
      Também os meus já lá vão há tanto, tanto tempo !!! :)))

      Eliminar
  10. O poeta será João de Deus (Dia de anos). :)

    ResponderEliminar
  11. Eu sei de quem se trata, mas como fui "desclassificada" da última vez apesar de ter acertado, hoje nem digo nada... Pronto(s)! Amuei...
    E nem faço anos à 5ª feira... ...

    Beijinho amuado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (??)... Oh!... Minha querida Gracinha !... Não estou a ver a que te referes, sobre a "desclassificação" e muito menos porque está amuada comigo !?... Tudo menos isso !!!
      Por favor esclarece-me e perdoa qualquer falta involuntária minha, se é que houve (mas se tu o dizes !... ) :(((

      Mas já agora e como não fazes anos na 5ª fª, vou-te dar uma prenda e dizer que estás completamente CEEEERTAA ! :))

      ... mas olha que estou mesmo "a Leste" sobre essa "desclassificação". Saberás bem que nem poderia ser de outro modo ! :((

      Um Grande Abraço e um beijinho à minha querida amiga ! :))

      Eliminar
    2. Não há crise... Quando foi do soneto de Camões, não acertei apenas no autor; seria uma vergonha eu não identificar de imediato o soneto «Erros meus, má fortuna, amor ardente»... Mas isso já passou. Venham mais desafios destes que não implicam a memória visual e cá estarei...

      Beijinhos e abracinhos... <3

      Eliminar
    3. Aaahhhh!!! Já descobri o motivo e feita a devida reparação ! rsrs... Lá mesmo, já deixei este comentário e espero ficar "perdoado" ! :)))

      Meu comentário de agora nesse post :

      AS MINHAS DESCULPAS, minha querida Gracinha !
      Agora entendi o teu amuo ! ... e com muita razão !!!
      Quando for assim, alerta-me que isto são muitos comentários.
      Essa "minha falta" ficou a dever-se ao facto de teres enviado mail em vez de comentário e ao libertá-los, evidentemente que o mail "não caíu aqui" e ao fazer os registos dos acertos, passou-me ! :(
      Tens toda a razão e penitencio-me por isso !!!
      O teu mail era este com a identificação do autor e do soneto !!!... Tens "carradas de razão" ! :)


      Graça Sampaio
      24/06 (há 10 dias)
      para mim

      Quem sentiu isso tudo foi Luís de Camões.

      Erros meus, má fortuna, amor ardente...

      Beijinhos lusíadas...

      Eliminar
    4. És um doce! (mas não digas à Lena que eu disse isto...)

      E, já agora, peço desculpas pelo "amuo".... :)))

      Eliminar
    5. :))) ... E porque não ?... Ela já sabe há muitos anos que eu sou um doce ! eheheh

      Bjs :)

      Eliminar
  12. (15-10-1929) - Aniversário de Álvaro de Campos (Fernando Pessoa)
    In Poesia, Assírio & Alvim, ed. Teresa Rita Lopes, 2002

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (??) ... Comentário a rever, Ricardo. (?)...
      Não se trata desse escritor nem do seu aniversário. Deves ter feito confusão com o texto. (?)

      Eliminar
  13. Só agora aqui cheguei, após jantar e caminhar.
    bastou-me ler as dicas e logo adivinhar.

    Catarina, se estiver certa, como prevejo
    deixo-te uma dica e um beijo!! :))

    Já chegaste, Rui?

    Abraços. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já cá estou e tu chegaste, viste e venceste !!!
      CEEERTOOO !!! ... Com poema e tudo !!! :))

      Fico feliz com os acertos, porque isso é sinal que o meu texto está bem revelador do poema ! :))

      Grande Abraço ! :)

      Eliminar
    2. Afinal, Rui, a Catarina não vai precisar de dicas, pois já adivinhou, chegou mais cedo do que eu. :)
      E sim. O teu texto está um primor, nem precisei de mais nada, e olha que há muito não lia esse poema.
      Fui apenas procurá-lo para o trazer aqui, pois já o não sabia todo de cor.
      Tens um talento nato para adaptar textos ou poemas, verdade, verdadinha.

      Beijinhos, Rui, durmam bem. :)

      Eliminar
    3. Verdade, Janita.
      A Catarina foi a segunda a acertar ! :)) ... Só que o comentário ficou retido. :))

      E agora traz-me daí a baba, que fiquei a precisar ! eheheh ... Destas coisas não se ouve todos os dias ! ehehe ... Obrigado !

      Também para ti, um bom soninho ! :))

      Eliminar
  14. Dia de Anos

    Com que então caiu na asneira
    De fazer na quinta-feira
    Vinte e seis anos! Que tolo!
    Ainda se os desfizesse…
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito miolo!

    Não sei quem foi que me disse
    Que fez a mesma tolice
    Aqui o ano passado…
    Agora o que vem, aposto,
    Como lhe tomou o gosto,
    Que faz o mesmo? Coitado!

    Não faça tal; porque os anos
    Que nos trazem? Desenganos
    Que fazem a gente velho:
    Faça outra coisa; que em suma
    Não fazer coisa nenhuma,
    Também lhe não aconselho.

    Mas anos, não caia nessa!
    Olhe que a gente começa
    Às vezes por brincadeira,
    Mas depois se se habitua,
    Já não tem vontade sua,
    E fá-los, queira ou não queira!

    Quem escreveu?... João de Deus!! :))

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Catarina

    BIIIINGOOO !!! Braaaaavooo !!! ... Isso mesmo ! ...
    Aprecio imenso a sua obra !!!

    ... e sim, é verdade, ainda estás a tempo de apanhar um bocadinho mais de dia ! :))

    Fala-lhe no poema. Certamente que já o leste, se não antes, então agora e já poderás avaliar se o meu texto está totalmente de acordo, ou não ! rsrsrs

    :))

    ResponderEliminar
  16. Foi com algumas palavras do teu texto que cheguei lá. Não cheguei a falar com a minha amiga por skype por ter saído. Tenho quase a certeza que o li, mas confesso não me recordava. Nenhuns livros restam dessa época longínqua. :(

    Tenho uma vaga ideia de na altura se ter falado de S. Bartolomeu de Messines que pertence ao concelho de Silves.

    Fui a primeira a comentar e a segunda a acertar! Yahoo!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) .. Tentei facilitar no texto, sem ser demasiado explícito, Catarina ! :))
      Fala-lhe na proxima oportunidade ! :)

      É verdade estás de parabéns e em "boa forma" !... Poucas te escapam, com mais ou menos trabalho, lá chegas ! rsrsrs

      Eliminar
  17. A resposta está aqui - poema e poeta - https://www.pensador.com/frase/MTAxMDEzNw/
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  18. Como não conhecia o poema, quase tive de rezar para encontrar a solução.
    :D

    Segue resposta já de seguida!
    Boa Terça-Feira
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh... Eu sabiam que tu sabias e que sabias que eu sabia que sabias ! eheheh
      Esse mesmo (retido) ... Há quem não esteja de acordo, mas sabes que eu até estou. Já falamos nisso várias vezes ! :))
      O poema (para mim) tem muita lógica ! Sabes também que é um dos meus poetas preferidos !?...

      Bom Dia, também para ti. Tens que te desforrar ! eheheh

      Beijo e até mais logo.

      Eliminar

    2. Eu não sabia nada! Tive de pesquisar... e bastante! :)
      Mas com a pesquisa, para além de encontrar a resposta, encontrei outras coisas lindas e muito interessantes.

      Obrigada. Beijos para Ti também.

      Eliminar
    3. Sabes que eu gosto de escrever aquela "lenga lenga", aqueles "trocadilhos ?!... rsrs... Foi só para "pegar contigo" ! eheheh

      De qualquer modo eu sabia que chegarias lá com mais ou menos pesquisa ! Muito raramente falhas e se por acaso acontece, eu sei que é por falta de tempo ! rsrsrs

      Espero que estejas a usufruir melhor da tua recente "alguma maior disponibilidade", que nunca é a que nós desejamos ! :)
      ... e a que santo irias rezar ? ... eheheh ... Olha que "o melhor" é o "Espírito" ! eheheh

      Lembras-te de eu dizer muitas vezes que quando começo um post (e como faço às vezes, mais que uma re-edição) nunca sei como ele irá acabar e isso por causa das pesquisas, como referes agora !
      Quantas vezes ao pesquisar as dúvidas suscitadas por um comentário, "me perco" com "coisas novas" que reconheço virem a enriquecer o post !... Aprende-se tanto ao pesquisar, mesmo outras coisas !!! :)))

      Mais beijos ! :)

      Eliminar

  19. Referes-te a um poema de João de Deus, o «Dia de Anos»:

    "Com que então caiu na asneira
    De fazer na quinta-feira
    Vinte e seis anos! Que tolo!
    Ainda se os desfizesse…
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito miolo!

    Não sei quem foi que me disse
    Que fez a mesma tolice
    Aqui o ano passado…
    Agora o que vem, aposto,
    Como lhe tomou o gosto,
    Que faz o mesmo? Coitado!

    Não faça tal; porque os anos
    Que nos trazem? Desenganos
    Que fazem a gente velho:
    Faça outra coisa; que em suma
    Não fazer coisa nenhuma,
    Também lhe não aconselho.

    Mas anos, não caia nessa!
    Olhe que a gente começa
    Às vezes por brincadeira,
    Mas depois se se habitua,
    Já não tem vontade sua,
    E fá-los, queira ou não queira!
    "

    ResponderEliminar
  20. Pedro Coimbra

    EXACTAMENTE, Pedro ! :) ... Isso mesmo !

    Abraço :)

    ResponderEliminar
  21. Um desafio de ontem e eu só o vi hoje? Bom com tantos comentários aqui pode ser que hajam pistas. Vou espreitar... O pior é que estou para sair assim que chegue o marido. O mais certo é só poder pesquisar à tarde.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))... É natural, Elvira. Não podemos estar sempre "em cima do acontecimento" :))
      Também a mim me escapam muitos seus no ou nos primeiros dias !
      Não podemos estar sempre na blogosfera e mesmo estando, não podemos estar atentos a tudo ! :)
      Temos tempo ! :) ... Também vou sair agora à tarde.
      Abraço

      Eliminar
  22. Olá Rui
    Com uma ou duas palavrinhas do teu texto acho que cheguei lá facilmente.
    Trata-de João de Deus.
    Deixo aqui uma parte do poema.
    Não faça tal porque os anos

    Que nos trazem? Desenganos

    Que fazem a gente velho:

    Faça outra coisa; que em suma

    Não fazer coisa nenhuma,

    Também lhe não aconselho.

    Beijos Rui

    ResponderEliminar
  23. Manu

    CERTÍSSIMO, Manuela !!! :)) ... Desta vez n~
    ao te deu muito trabalho ! ... Fiquei feliz ! ...
    Obrigado pelo comentário e parabéns pelo acerto ! :)

    Beijo, Manu :)

    ResponderEliminar
  24. Já almocei e já voltei.
    Poeta João de Deus Poema Dia de Anos

    Dia de Anos
    Com que então caiu na asneira
    De fazer na quinta-feira
    Vinte e seis anos! Que tolo!
    Ainda se os desfizesse…
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito miolo!

    Não sei quem foi que me disse
    Que fez a mesma tolice
    Aqui o ano passado…
    Agora o que vem, aposto,
    Como lhe tomou o gosto,
    Que faz o mesmo? Coitado!

    Não faça tal; porque os anos
    Que nos trazem? Desenganos
    Que fazem a gente velho:
    Faça outra coisa; que em suma
    Não fazer coisa nenhuma,
    Também lhe não aconselho.

    Mas anos, não caia nessa!
    Olhe que a gente começa
    Às vezes por brincadeira,
    Mas depois se se habitua,
    Já não tem vontade sua,
    E fá-los, queira ou não queira!


    Tem que ser este, verdade?
    Abraço

    ResponderEliminar
  25. É só mesmo o poema, ou o amigo faz anos?
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheh... Eu digo, tal como o autor, "infelizmente" todos os fazemos e todos os anos !... Uma tolice e um desengano ! :)

      Mas agora tenho um sistema para rejuvenescer ano a ano !...
      É contar os que ficam a faltar para os 100 !!! ... Sim ! Porque vou lá chegar e voltar a ser bébé ! rsrsrs
      ... mas não, Elvira ainda não fiz este ano (embora não falte muito), mas para Agosto do próximo ano, veja lá, terei mais dois que agora ! :((

      Eliminar
  26. Elvira Carvalho

    BRAAAAVOOO ! ... Quem sabe, sabe !!! :))... Isso é que foi "Tiro e Queda", Elvira !!!... Parabéns pela rapidez e agora já sairá mais descansada ! ... mas veja lá, e "não se perca" por aí ! eheheh

    Abraço :))

    ResponderEliminar
  27. Já me referi a este poema no ematejoca, porque penso exactamente como o POETA.

    Estou com um pé fora de casa. Regresso em breve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aaaahhh! .... CERTÍSSIMO e também mais alguém que pensa como eu ! eheheh
      Vamos desfazê-los, Teresa ! :)
      ... E por falar nisso, já o referi a alguém, sabes que me sinto mais jovem hoje, do que quando comecei o blog ?... É verdade ! O espírito abriu-se como o "leque de um perú" !... Glu, glu, glu ! eheheh
      Isto faz-nos bem à saúde mental, desde que "bem gerido", sem rancores, sem zangas, com um bom espírito de grande amizade entre todos !
      Abraço e PARABÉNS ! :)

      Eliminar
    2. Embora concorde com o poeta, "Dia de Anos" não é o seu melhor poema.

      Eliminar
    3. Escolhi este porque falo nele muitas vezes quando faço ou alguém faz anos !?... :) ... Quanto mais não seja, para nos rirmos com a situação, mesmo que não pensemos assim. :)
      Por acaso, pessoalmente, não me dá grande gozo festejar ! :))

      Eliminar
  28. Logo eu que não sou nada poeta/ poetisa...valha-me Deus!!!
    Segue palpite.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já recebi a tua resposta por mail. E CERTÍSSIMA !
      Como vês, Deus ouviu as tuas preces e valeu-te ! :))
      Podias ter enviado como comentário. Estão sempre moderados !

      Beijos :)

      Eliminar
  29. Esta para mim é de caras! Tão fácil, "balhamedeus"!Faço essa asneira todos os anos. E curioso sempre, sempre, a 2 de Março
    "...Ainda se os desfizesse...
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito mioleira..."!

    ResponderEliminar
  30. JU

    "Balhanosdeus" JU !!! ... eheheh... Esta foi fácil demais para ti ! ... e logo tu que tens um blog de poesia ! Se calhar até já o publicaste !?...
    CEEERTOO !!!... Claro ! ...
    ... E pelos vistos também cais sempre nessa esparrela todos os anos !?... "Balhatedeus" ! :)))

    ResponderEliminar
  31. Para mim o tempo continua curto para acompanhar os blogues e as pesquisas, no entanto mandei um outro comentário.

    Beijinho Rui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei, Adélia. Não fiques preocupada com isto ! ... Eu sei e compreendo bem a tua indisponibilidade de tempo e até de disposição.
      Não penses nisto ! :)

      Beijinhos, amiga ! :)

      Eliminar
  32. Com que então caiu na asneira
    De fazer na quinta-feira
    Vinte e seis anos! Que tolo!
    Ainda se os desfizesse…
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito miolo!

    Não sei quem foi que me disse
    Que fez a mesma tolice
    Aqui o ano passado…
    Agora o que vem, aposto,
    Como lhe tomou o gosto,
    Que faz o mesmo? Coitado!

    Não faça tal; porque os anos
    Que nos trazem? Desenganos
    Que fazem a gente velho:
    Faça outra coisa; que em suma
    Não fazer coisa nenhuma,
    Também lhe não aconselho.

    Mas anos, não caia nessa!
    Olhe que a gente começa
    Às vezes por brincadeira,
    Mas depois se se habitua,
    Já não tem vontade sua,
    E fá-los, queira ou não queira!

    João de Deus

    ResponderEliminar
  33. Oi Rui
    Penso que descobri o poeta ( a principio confundiu-me um pouco porque temos aqui um João de Deus e a internet teimava em comparar ao poeta e pedagogo 'João de Deus Nogueira Ramos' com o poema 'Dia de Anos'

    "Com que então caiu na asneira
    De fazer na quinta-feira
    Vinte e seis anos! Que tolo!
    Ainda se os desfizesse…
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito miolo... "

    E,por aí vai Rui
    Confesso que leio muitos poetas portugueses porque além de gostar muito deles ,publico poemas e fotos já faz um tempinho e os portugueses me conquistaram_ Amo muito!
    Mas, esse nao me recordo de ter ouvido falar.
    Precisei ler varias vezes seu texto ,que por sinal é quase tal qual o poema.
    Acho que deu certo.Não me perdoaria errar. rs
    Um abraço e feliz noite!


    ResponderEliminar
  34. Prezado Amigo Rui Espírito Santo.
    Acreditas que tirei zero no Enigma nº 36 da Poderosa deusa das deusas de todas as deusas, Afrodite?
    Cheguei a pouco à aula que está em franco andamento, mas cá está a resposta:
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_de_Deus_de_Nogueira_Ramos
    Caloroso abraço. Saudações joaninas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
  35. Flor de Jasmim

    PARABÉNS, Adélia !!! ... Certíssimo, mesmo "tendo a vida que tens" !!! ... Obrigado ! ... Parabéns também pela tua determinação !
    Certíssimo com poema e tudo ! :))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  36. LIS

    CERTÍIIIISSIMO !!! ... mesmo com essa confusão de nomes da net !
    Daí, o ser mais difícil aí que aqui ! ... :) Ainda mais mérito por isso !

    Com poema e tudo ! :)
    ... E já agora, comparando o texto com o poema, ... rsrs ... Tudo certinho ? :)))

    Beijo Lis e Obrigado ! :)

    ResponderEliminar
  37. Anónimo5/7/17 13:50

    Cheguei a sabê-lo de cor! :)

    Com que então caiu na asneira
    De fazer na 5ª feira
    Vinte e seis anos?
    Que tolo!
    Etc

    João de Deus

    Ando muito ocupada com exames e afins daí o atraso!

    Abraço

    LM

    ResponderEliminar
  38. Prof. João Paulo

    BIIIINGOO ! ... Foi mais fácil entrar no "Reino divino" do que no "Quarto" dos Jardins, João Paulo ! eheheh ...
    Contenta-te comigo que só à quarta encontrei o quarto ! :))
    ... mas no que toca a divindades foi à primeira ! ... BOOOA ! :)
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prezado Amigo Rui Espírito Santo.
      O último enigma da nossa da inigualável deusa das deusas de todas as deusas, a Poderosa Afrodite, deixou meus miolos calcinados, mas o pior é que, além de ficar com os miolos calcinados, não atinei qual era a palavra-chave. É o segundo enigma que a divindade coloca como pista o planeta Marte. Se minha combalida memória não falha no enigma marciano anterior acertei.
      Caloroso abraço. Saudações marcianas.
      Até breve...
      Jardineiro JP
      Um jardineiro em busca de adubo, digo, conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

      Eliminar

    2. Acertou sim Professor. Foi o Enigma #15... e nele a chave era MARTE.
      Tenho de , urgentemente, voltar a colocar as imagens nos posts dos enigmas... e depois, com calma, recuperar todas as imagens do blogue que perdi devido a uma distracção que me fez perder TODAS as imagens que o blogue continha.
      (aqui para nós... suspeito que foi aquela invejosa da Agrado que me rogou uma praga qualquer e me fez distrair e dar o "clic" errado!) :(

      Beijinhos adubados
      (^^)

      Eliminar
    3. Poderosa Afrodite.
      Podes crer que foi praga da viperina mor.
      Caloroso abraço. Saudações invejosas.
      Até breve...
      Jardineiro JP
      Um jardineiro em busca do adubo, digo, conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

      Eliminar
  39. LM

    Calculo que sim, Leo ! ... Este é dos tais muito especiais, pelo tema e que me "caiu no goto" há muitos anos !
    Um dos meus favoritos ! :)

    Espero que "as coisas" estejam a correr bem !?...
    Tudo de Bom para vocês !

    ResponderEliminar
  40. Obrigado Rui pelo carinho!
    A minha determinação da noite passada deveu-se ao facto de dormir apenas 2 h.

    Beijinho mimenso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu mereces todos os carinhos, amiga !
      Eu é que te agradeço e aplaudo a tua determinação, mas tens que ter presente que não se pode viver com 2 horas de sono, sem se correr sérios riscos de saúde e isso também não te ajuda nada nesta fase, Adélia !

      Beijinho renovado !

      Eliminar
  41. E a burra sou eu????? Não sei...
    Kis :=)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ??? ... Não percebi, Gi ! :( ... O que queres dizer com isso ?...
      Vou fazer a re-edição ao princípio da tarde.
      Kiss :)

      Eliminar
  42. Todos

    Bom ! ... Eu já tinha dito que iria fazer a re-edição ontem à noite. Como me parece que mais ninguém quererá tentar encontrar o poema, farei de seguida a libertação dos comentários retidos e a re-edição.
    Até já e Muito grato a todos !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei do vídeo que escolheste para a reedição.
      O poema ficou muito expressivo dito na voz deste senhor, o Celestino Silva.

      Beijinhos em contagem decrescente
      (^^)

      Eliminar
    2. Sabes que eu pensei o mesmo ?...
      Creio que valoriza o poema, principalmente para quem nunca o leu com a devida atenção !

      Sim. Eu, pelo menos, estou nessa contagem decrescente,... "quer queira ou não queira" ...e prestes a desfazer mais um !
      Fartei-me de ser tolo e cair nessa asneira todos os anos e o resultado está à vista ! eheheh

      Beijinhos de 6ª Fª :)

      Eliminar
  43. cantinhodacasa7/7/17 23:07

    Como sempre, ando a leste, não venho cá. Mas não é por mal.
    Se imaginasses o quanto me perco a ler blogues!
    E por mais que queira dividir as horas a ler ou ver vídeos de coisas que me interessam, quando dou por elas, as horas, bolas, como é possível estar tanto tempo no pc e não ter feito nada.
    Um bom fim-se-semana.

    E agora, vou desligar o pc.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehehe... Pois é Maria ! ... e depois perdes estas "Festas de Aniversário" com bolo e tudo e principalmente boa disposição !
      Tu continuas a andar pelos sapais ! ... Será que andas a ver se encontras algum príncipe transformado em sapo ? ... rsrs... Ah ! ... Estou aperceber ! ... É isso !
      Se é assim estás perdoada ! :))

      Beijo e bom fim de semana !
      (Se logo à noite quiseres fazer surf, aparece !)

      Eliminar
  44. (Se logo à noite quiseres fazer surf, aparece !)

    Vim ver se já era noite aqui na Fonte... mas pelos vistos não!

    Beijinhos e até mais logo!
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) É só às 21:00, para ajudar a fazer a digestão da saladinha de tomate que vou comer agora ! :)

      Beijinhos e traz o fato de borracha e a prancha! :)
      ... mas não comas muito, ou então virás mais tarde !

      Eliminar